Carta de um Admirador

janeiro 28, 2013

B

Carta de um Admirador

 

                                                                                                          14 de julho de 2005

Oi Escritor como vai p

Sou eu lembra-se de mim p uns 25 anos atrás quando te enviei o original de O Manuscrito Anônimo lembra agora p foi legal da tua parte tê-lo publicado sob teu nome fiquei feliz e nem sequer te agradeci é meu jeito e sumi mas ainda estou vivo e tentando entender o que é viver porra não é fácil viver Guimarães  Rosa dizia que é perigoso eu diria que é um saco ter que estar constantemente alerta vigilante para viver queria a paz mas não nasci para isso acho que nasci para contestar e lutar e se eu parar é um tiro na cabeça pois não tenho o saco contemplativo muito pelo contrário e por falar em saco não tenho mais saco para perder tempo me preocupando com a pontuação então aboli pontos e vírgulas e para te dar uma colher de chá estou usando p de puta ou de putice  ou de putefação  ou de putidade  ou de puticidade  ou de putandade ou de putaria que é o que impera neste nosso País depois que trocou o nome de Brasil pelo de Usabrás portanto p significa pergunta claro que você já deve ter entendido né p você não é burro não e saca logo tudo mas Escritor meu caro e admirado Escritor vamos ao que interessa ou seja o motivo desta carta olha basicamente é o mesmo que o de 25 anos atrás em outras palavras gostaria que você publicasse sob teu nome um relato meu em que tentei te imitar o mais respeitosa e fielmente possível e como sei que você deixou de escrever queria te fazer uma pequena surpresa que é também um tipo de homenagem mas não fique puto comigo não porque apenas quis fazer algo de bom por você sem intenção de te magoar ou te emputecer bem eu inseri alguns textos teus no meu relato esses textos você deve achar que estavam perdidos mas eu consegui localizá-los é portanto uma forma de vê-los publicados e não venha me dizer que você não gosta desses textos porque são muito bons muito bons mesmo e merecem ser editados eu sei que você deve achar muito esquisito este meu  proceder e que eu pelo menos deveria te dar alguma explicação digamos então que eu sinto uma admiração irrestrita por você eu conheço todos  os teus livros que li inúmeras vezes teus personagens me são familiares tanto quanto as situações em que eles se metem ou são jogados vivo impregnado do teu mundo que acabou fazendo parte do meu e não estou exagerando não uma vez você declarou que certos escritores poetas dramaturgos e filósofos que você lê e relê tinham com o passar do tempo se tornado entes extremamente queridos que faziam parte de tua vida diária é o que acontece comigo em relação a você é isso mesmo eu te admiro não só como escritor mas como ser humano e admiro muito certas atitudes que você tomou na vida sim eu te admiro e te amo como você disse amar Khayyam Nietzsche Rimbaud Baudelaire Sá-Carneiro Stendhal La Rochefoucauld e tantos outros e se eu fosse mulher ou viado escrevo viado e não veado dava para você incondicionalmente mesmo que você fosse um Quasímodo  o que não é o caso ah meu querido Escritor você é um filho da puta que às vezes me faz chorar com o que você escreve filho da puta como você manipula o leitor é incrível se bem que todo escritor ou artista de modo geral é um manipulador e um farsante como Fernando Pessoa aliás todo cara que gosta do lúdico e você deixou isso claro em tuas obras e entrevistas é um farsante um gozador um mentiroso entre aspas como o grande Fellini aliás Rousseau já dizia que imaginar algo não é mentir esses carinhas medíocres que acham que tua literatura além de pornográfica e agressiva é artificial e pedante não estão aí com nada são ceguinhos da silva completamente tapados além de fariseus totalmente condicionados com o que a mídia põe na moda esses críticos de pacotilha são quase todos ruins de doer não liga não Escritor manda eles tomarem no cu  ou então manda eles assistirem na TV ao BBB ou seja Big Bosta Brasil ou àqueles programazinhos de um mau gosto de uma vulgaridade massacrante aquelas bostinhas de programas de auditório com as marafonas da telinha com as galinhas de ouro essas apresentadoras vulgares burras e ignorantes de matar defunto aliás burras não muito pelo contrário vivaldinhas safadinhas algumas delas  se fizeram na vida trepando com celebridades vaquinhas de merda cultuadas pela mídia lixática tão putinhas quanto a Monica Lewinsky que guardou cuidadosamente a porra expelida num momento de fraqueza pelo Clinton ou Pinton para depois ganhar uns trocados graúdos a grande Dercy Gonçalves tem razão ela disse que as putas estão na moda sábia constatação e as novelas então ah inefáveis telenovelas da sebosa classe média e dizer que algumas pessoas  intelectualmente respeitáveis conseguem tirar ilações quase profundas sobre a sociedade nas telenovelas valha-me deus que inversão de valores deve ser porque tudo tudo está tão achatado em particular a cultura que qualquer coisinha cocosática palatavelmente passavelmente digerível e putamente vendável é considerada boa excelente e às vezes fala-se em até obra-prima como é o caso daquela enxurrada de filmes idiotas de Hollywood tais como Matrix de Andy e Larry Wachowski Guerra nas Estrelas de Lucas Kill Bill de Tarantino Guerra dos Mundos de Spielberg Terra dos Mortos de Romero que os babacas dos críticos acham excelentes devem ser excelentes para os produtores porque para o público um pouco mais exigente são apenas tranqueiras bem produzidas olha Escritor eu penso que nem Godard a respeito desses filmes ponto final concordo com você o maior diretor norte-americano atualmente é o grande Terrence Malik esse sim porra  é de pasmar há outros que merecem respeito como Todd Solonz  Abel Ferrara Paul Thomas Anderson antes de ser cooptado por Hollywood Jarmusch  e Hartley mas voltemos às telenovelas e já que estamos falando de cinema gostaria de salientar a incrível capacidade que os escritores de telenovelas têm para plagiar descaradamente antigos ou não tão antigos filmes de Hollywood e o pobre do telespectador embabacado e não quero dizer embasbacado acredita que está perante um achado originalíssimo é Escritor não dá para acreditar em termos de cultura de massa será que isso é cultura ou merda pasteurizada p não dá mesmo para acreditar o que ocorre aqui no Brasil perdão Usabrás ficou como você sabe muito démodé gostou da palavra p ou prefere out p enfim ficou ultrapassado usar o nome Brasil depois que o Congresso aprovou a troca de Brasil por Usabrás mas me deixa acabar com as telenovelas onde só prevalecem os closes sempre closes e mais closes e enchimento de lingüiça que não acaba mais haja saco e os estereótipos a vilã o vilão a mocinha e o mocinho e tudo absolutamente previsível devidamente mastigado para o porquinho do telespectador sentadinho bem confortavelmente na sua poltrona não fazer o mínimo esforço e tudo tudo acaba bem os bons são recompensados e os maus são castigados que tédio eu fico até de mau humor quando para poder julgar assisto a uma dessas drogas o Ratinho então me faz vomitar com sua humilhação dos humildes sabe Escritor a massa é merda senão não seria massa e a cultura que a bajula só pode ser igualmente merda e como não sou lixo na moda pulo fora dessa merda que é o que você também faz a teu modo só que você é um tanto moderado controlado não como eu e a macacada do consumo só sabe comer cagar e consumir será que a macacada não se dá conta de que é insuportavelmente burra p Escritor eu não estou disposto a ponderar pois não tenho nada a perder e vomito o que penso que é o que sinto certo p é isso aí comemos merda pela santa graça do capitalismo fast food universal e enfiem no cu a ditadura da cultura de massa ou monocultura da alienação seus reaças isso é coisa de fascistas ou de imbecis aliás uma coisa está sempre atrelada à outra eliminar o pluralismo cultural é um atentado contra as leis da natureza e contra essa padronização cultural tem de se apelar para tudo até para a violência e eu em princípio sou contra a violência a padronização é um crime cultural contra a humanidade e a mídia honrada puta do sistema atrofia a mente da juventude a famigerada Globo que o diga a Globo além de tendenciosa é macarthista e fascista e sonega informações mas as outras emissoras também são iguais portanto bombas  na mídia Escritor bombas na mídia sabe Escritor eu fico muito excitado quando estou bravo há pouco mencionei o Congresso ah não dá para permanecer quieto calmo mas que pouca vergonha este País onde os parlamentares se auto-aumentam os salários a bel-prazer que cinismo que obscenidade que descaro que falta de ética que banditismo que esculhambação que putaria que putice que aberração manada de porcos vigaristas e chamam essa merda de democracia p que porra de democracia filha da puta é essa p a democracia da máfia parlamentar p a democracia da perversão social p a Revolução Francesa de 1789 ainda não chegou ao Brasil perdão a Usabrás isso é algo que deve ser atacado e destruído algo que deve ser sistematicamente eliminado para o bem de todos a Nação não precisa desse tipo de escroques sanguessugas parasitas e esses ladrões ainda por cima se consideram cidadãos acima de qualquer suspeita bombas neles bombas nesse lixo social aliás os parlamentares são tão úteis  que ficam falando do exame de próstata durante as reuniões isso sem tocar na imunidade desses pilantras que deve ser totalmente erradicada pronto já estou com a macaca e agora não escapa nada nada mesmo nenhuma instituição está imune a minha ira como por exemplo as religiões que nojo de religiões que chute no saco esses neguinhos que teimam em socar impertinentemente um sentido entre aspas à vida caralho a vida é o que é vida ou seja existência logo é absurda sim mas merece a pena ser vivida como dizia Camus e eu acho que comer e trepar é uma glória e quando a coisa acaba é uma merda portanto enfiem os deuses e seus milagres e a pós-vida no cu eu acredito mesmo é na existência que mania de querer recompensa em tudo isso é típico de um estágio muito primário é a mesma coisa que o pragmatismo que é pura boçalidade de quem está num nível mental e espiritual muito baixo a vida em si já é uma recompensa um milagre e é por isso que amo tanto meus pais mesmo depois de mortos simplesmente porque eles foderam e me deram a vida quer coisa mais bela do que isso p que caralhice  de recompensa sempre recompensa como na putaria do capitalismo sempre recompensa neste ou no outro mundo que outro mundo p sim parece coisa de neoliberalismo  famigerado pela santa buceta  e quero que conste que não digo boceta pela santa buceta de Afrodite em honra a você  gostou p essa história de recompensa é coisa de gentinha muito baixa Nietzsche que o diga coisa fominha miserável mesquinha de gente que não evoluiu cobiça do capitalismo a verdadeira superioridade consiste em amar a vida sem acreditar em nada e sem esperar nada você não acha Escritor p aliás gostou deste fragmento de discurso do teu imitador admirador p fala que sim Escritor seja generoso comigo pois ser generoso para com os outros é a coisa mais bonita que o ser humano pode dar ao seu semelhante Madre Teresa de Calcutá era  generosa essa sim é que era generosa caralho beijaria o chão que ela pisou neste caso até aceito a religião nada contra a religião em si eu acho que Buda Zoroastro Maomé Cristo e Confúcio foram grandes homens mas esses fundamentalistas filhos da puta lazarentos sejam muçulmanos judeus ou cristãos deus que me perdoe em particular os fundamentalistas islâmicos que regrediram à barbárie e ao obscurantismo medieval e os babacas-bomba pensam que depois de mortos vão direitinho para o paraíso à beira do rio Khantar não longe da fonte Selsebil com uma porrada de virgens para meter sem parar como se o paraíso existisse cambada de ignorantes tá louco eu hein os fundamentalistas são nazistas em potencial e devem ser postos fora da lei odeio religião embora nada tenha contra qualquer religião pois eu leio o Alcorão e a Bíblia e o Torá e o Dhammapada e o Avesta  na verdade abomino as instituições que acho que devem ser destruídas sistematicamente vejam esses salafrários dos ministros das seitas pentecostais ladrões filhos da puta escoria da sociedade que se aproveitam da boa fé do povo para explorá-lo sim ladrões descarados mas o culpado é o governo retrógrada e mais realista que o rei o governo que só sabe criar impostos para os assalariados e que não taxa esses canalhas o governo conivente que não cobra impostos da industria da religião odeio religião mas não tenho a priori nada contra as religiões sabe Escritor por falar em islamitas  religião e o caralho a quatro me lembrei do nosso verdadeiro presidente o cretino megalomaníaco do Bush e sabe de uma coisa p é o filho da puta do Bush que está incentivando e espalhando o terrorismo pelo mundo todo pois depois da invasão do Iraque a coisa piorou aliás o atentado do 11 de setembro caiu do céu para o presidente ianque que também é fundamentalista era justamente o pretexto que ele tanto esperava e olha lá eu não ficaria surpreso se se descobrisse que seus capangas estavam por trás do ataque ao WTC e assim ele mergulhou um país na guerra civil depois de tê-lo destruído sim Bush invadiu e arrasou o Iraque e provocou uma guerra civil Saddam Hussein é um filho da puta como todo ditador aliás todo ditador deveria ser literalmente castrado mas Saddam Hussein não fez nada contra os EUA logo Bush deve ser julgado como criminoso de guerra  e os servos da UE Blair Berlusconi e o franquista Aznar lambendo o cu do grande cacique do império norte-americano que é o maior perigo para a paz mundial vão chupar fridósia de égua sifilítica ou rimbósio de garanhão aidético e agora engulam os atentados na Europa como conseqüência e por falar de ataques e das torres gêmeas destruídas me diga Escritor que importância pode ter o atentado do 11 de setembro perante a dimensão da tragédia de Hiroshima e Nagasaki p o que são 3.000 mortes comparadas com as 237.062 mortes causadas pelas bombas atômicas p os Estados Unidos são o país que mais seres humanos assassinou em apenas segundos 90.000 vítimas sim 90.000 mortos em apenas segundos e qual é a diferença entre esse ato atroz e aqueles cometidos por Hitler Stalin ou Pol Pot p nenhuma diferença nenhuma shame on you USA  os Estados Unidos não têm absolutamente nenhuma autoridade moral para julgar qualquer povo ou governo seja qual for pois os Estados Unidos além de roubarem descaradamente assassinam abertamente que moral têm os EUA para impedir que o Irã e a Coréia do Norte tenham armas nucleares p nenhuma os EUA são um arsenal os EUA nem assinaram o tratado de Kyoto porque são eles que mais poluem o Planeta nem o tratado de Haia o que significa dois pesos e duas medidas portanto os EUA não merecem nenhum respeito e ainda se outorgam o pretensioso título de paladinos da liberdade e da democracia que porra de liberdade p que porra de democracia p bombas nos pretensos salvadores do Planeta sim Escritor 60 anos já se passaram do ataque a Hiroshima e Nagasaki 6 de agosto de 1945 e ainda por cima os EUA têm a indecência de não admitir a culpa do holocausto cometido no Japão rezem pois por nós deuses perdidos rezem por nós miseráveis humanos mas chega Escritor chega não quero ficar triste quero é ficar com raiva pois a raiva é uma excelente energia a ira é sagrada ira que transforma o mundo e eu fiquei emputecido quando o Brasil mudou de nome durante o governo FHC pois é agora não é mais Brasil é Usabrás que vergonha que putaria que putificação que falta de dignidade que horda de reaças embora devamos reconhecer que o termo Usabrás seja mais condizente do que a palavra Brasil na situação que vivemos pois o Brasil ou Usabrás é um país moralmente falido assim como todas as suas instituições enfim o que não deixa de ter uma pitada de cinismo típico da boçalidade do neoliberalismo à norte-americana uma das coisas que me tiram dos eixos neste status de colônia norte-americana que atravessamos é a esculhambação da língua portuguesa e isso não se deve só ao fato de eu amar tanto o idioma de Camões mas à falta de brio de classe pois é Escritor hoje em dia dizemos delivery em vez de entrega em domicílio ridículo dizemos sales em vez de promoção ou liquidação ridículo 20% ou 30% ou 50% off em vez de 20% ou 30% ou 50% de desconto ridículo dizemos fashion em vez de moda ridículo dizemos downtown em vez de centro da cidade ridículo dizemos checar em vez de verificar ridículo dizemos business center em vez de centro empresarial ridículo dizemos deletar em vez de apagar ridículo dizemos shopping center em vez de centro de compras ridículo dizemos day hospital  em vez de clínica ridículo e aí por diante que gracinha de curtura disse curtura mesmo e não cultura mas que coisinha vulgar cafona periférica essa história suburbana fabril de substituir os vocábulos em português  por outros em inglês e os imbecis acham que é chique quando se trata da quintessência da cafonice vão chupar fridósia de égua menstruada  isso sem contar que abolimos os verbos pronominais como por exemplo aluga quem porra aluga p inaugurou a exposição cacete quem inaugurou p cometeu suicídio em lugar de suicidou-se masturbei quem você masturbou p a vaca da puta da tua mãe p e o caso possessivo então parlamentar´s bordel ministro-pastor´s lupanar empresário´s casa de tolerância juiz´s  casa de trato privatização´s putaria vocês querem impor o inglês p então comecem por in USA we trust and  we are mother fuckers pronto e façam-se enrabar sem vaselina pelos norte-americanos isso sem contar a eliminação das preposições como por exemplo voe Varig ou ligue 0800 etc ou gosto buceta ou gosto pau isso sem contar que vivemos no gerúndio ou seja transitoriamente haja santa paciência mas que coisa cafona que coisa brega que coisa jacu que coisa provinciana pior muito pior que coisa grotesca sim isso mesmo Escritor grotesca que falta de classe de postura de amor pela língua isso me lembra Tolstoi que metia o pau naqueles aristocratas russos que só falavam francês entre eles que era o idioma elegante na moda e só falavam russo com a criadagem ah essas frescuras de província ultramarina me fazem vomitar e os cretinos dos publicitários aliás outra coisa o que você acha da tirania da publicidade da propaganda p que fraude filha da puta mentirosa insidiosa essa publicidade e que coisa cretina enfadonha então como estava te dizendo os cretinos dos publicitários e os imbecis dos jornalistas acham isso chique quando isso não passa de mera vulgaridade de gente medíocre vão tomar no cu rebanho de lambe-cus eles pensam que estão in e esquecem que a época dos yuppies soa totalmente anacrônica em Usabrás estamos sempre atrasados defasados aqui tudo fede a província do século dezenove com exceção do capitalismo selvagem filho da puta que restringe e tira a liberdade do cidadão por exemplo cadê a tão decantada livre opção do capitalismo p a livre opção de comprar onde cada um quer p por exemplo numa cidade média um supermercado compra todos os outros supermercados existentes e aí você e eu e qualquer cidadão é obrigado a comprar no único supermercado disponível na cidade e a pagar os preços e os produtos que ele impõe ao consumidor e isso é liberdade p e isso é democracia p tomar no cu vigaristas sabe Escritor voltando à língua portuguesa a imagem que me vem à mente quando penso nesses imitadores de merda sabe qual é p é a de uma macaca com o rosto depilado e densamente maquiado vestindo roupa de grife da Daslu a náusea de Sartre é mais amena oh amigo Nietzsche estou com o escroto tão inflamado de tanta imbecilidade de tanta vulgaridade de tanta superficialidade de tanta inferioridade de tanta frivolidade que vou ter que passar a usar cueca samba-canção para disfarçar o volume ah Escritor por falar em invasão do inglês vou te contar a última essa é boa mesmo sabe o que é os anjinhos adolescentes evangélicos agora aprendem a falar com deus em inglês que gracinha que fofura que bonitinho né Escritor p claro deus é norte-americano tomar no cu vão lamber cu de hipopótamo cagado matilha de mercantilistas que deveriam ser expulsos do templo com chicotadas por que toda essa gentinha não usa palavras em basco ou irlandês ou curdo seria pelo menos mais original mas então Escritor voltando a nosso querido Brasil quero dizer Usabrás desculpe mas é muito difícil me acostumar como estava te dizendo depois que viramos Usabrás a vaca foi para o brejo a corrupção do PT é foda claro que não é o único partido corrupto não estou defendendo o PT mas é bom deixar claro que todos absolutamente todos os governos anteriores foram corruptos ou como você acha que se deu a privatização sob o governo FHC p o PT é apenas um bode expiatório mas a mídia viu uma bela ocasião para cair matando colocou o Lula entre a parede e a espada e o nosso titubeante presidente se viu entre outras coisas obrigado a aumentar o salarinho dos bandidos reaças do poder judiciário que passa a ser de 21.500 reais ou seja mais de 9.000 dólares  vinte e um mil e quinhentos reais mensais num país onde o mínimo é de 300 reais ou seja  uns 130 dólares aproximadamente e isso é democracia p sim é democracia de bosta de ladroeira de putaria de exploração é puro roubo perversidade social descaro afronta banditismo ofensa usurpação ignomínia extorsão do dinheiro do contribuinte  falta absoluta de ética e para aqueles que são cristãos na acepção mais pura do termo uma ausência de consciência em outras palavras a Revolução Francesa de 1789 ainda não chegou a Usabrás em suma uma aberração levando em consideração que o povo está passando literalmente fome são 65 milhões de brasileiros na miséria e esses arrogantes estúpidos e em muitos casos corruptos acham que é um direito que lhes cabe um direito em nome de quê p em nome de que ética p deve ser em nome da ética capitalista que é em si uma antiética um abuso de poder certamente não se trata da ética do deus cristão portanto bombas neles isso sem contar as astronômicas aposentadorias dos marajás que atingem os 50.000 reais cinqüenta mil reais que vergonha que ultraje que crime isso sem contar a imunidade parlamentar que já mencionei que deve ser totalmente abolida que é  abuso despotismo medievalismo exatamente como o nepotismo mas que petulância a imunidade parlamentar e o nepotismo deveriam ter sido abolidos há séculos mas a Revolução Francesa de 1789 ainda não chegou a Usabrás filhos da puta canalhas corja parasita  da sociedade que deve ser eliminada de modo sistemático bombas neles cadê os sindicatos p cadê as organizações para lutar contra isso p cadê os líderes capazes de levar o povo às ruas para botar para quebrar destruir lojas queimar carros levantar barricadas e olha que eu sou pacifista sou contra a violência mas é necessário paralisar o País sim paralisar totalmente o País para fazer degringolar a economia ponto fraco das elites e obrigá-las a fazer pressão para acabar com essa usurpação do poder será que ninguém ama de fato o Brasil p os culpados pela violência em nosso País são o governo e as elites que não promovem nenhuma reforma social profunda que acabe o apartheid social  enfiem as esmolas no cu as medidas que eles tomam são paliativas ou seja  verdadeiras piadas sim Escritor um país se mede pela dignidade como as pessoas e não pela putaria pela putidição  pela puticência pela putandade  obsessão de tirar partido de tudo e de todos e tudo acaba em pizza e veja bem não estou falando de jeito nenhum em revolução e olha que eu não sou comunista não os comunistas são muito conservadores é apenas fazer o que fizeram os ucranianos ou os bolivianos por exemplo não não quero parecer antiquado estou falando apenas em fazer uma pequena faxina para desentupir o esgoto a cloaca enfim limpar o lupanar pois é isso é Usabrás um país moralmente falido sem contar o processo de massificação de estandardização que é um atentado contra a democracia para não dizer uma maneira atenuada de terrorismo ou seja a ditadura da massificação pergunto devemos engolir uma cultura tão grosseira e decadente como a que nos é imposta pelo colonizador p resposta não não e não e basta de frouxos de pusilânimes de bundas-moles de mediadores amáveis alienados a tradição de conciliação é um defeito muito grave que os reaças pré-1789  instalaram no País para proveito próprio neste caso conciliação político-social é um atraso que emperra o progresso e a justiça social neste país de oportunistas de imediatistas   algo tem de ser feito céus Escritor hoje em dia tudo é frouxo como a nossa justiça mole como a nossa justiça atrasado como a nossa justiça flácido como a nossa justiça ou então edulcorado pasteurizado e raso como a nossa cultura de massa sim tudo é bastardo adulterado neste nosso sistema que incentiva a competição leia-se corrupção caralho que excremento que bosta que merda de civilização aliás a civilização ocidental está em plena decadência e a globalização cega a globalização da fome como o provam as estatísticas da ONU tende a acentuar esse declínio os bárbaros hão de invadir o Ocidente moralmente suspeito que há séculos vem semeando a discórdia no Planeta e não me refiro só aos árabes mas também aos africanos asiáticos e latino-americanos ou seja o terceiro mundo vai acabar tragando a Europa e os EUA não precisa ser vidente para perceber basta folhar a História a globalização e por extensão o capitalismo estão destruindo todos os valores éticos da humanidade tudo absolutamente tudo está sendo substituído pela moral do dinheiro portanto o que se pode esperar de um mundo sem preceitos éticos dominado pelo afã exacerbado de lucro p bombas na globalização Escritor bombas na globalização e viva os Bourdieu e os Bové da vida o negócio é destruir para construir algo mais decente hoje em dia não existem mais governos foram substituídos pelas grandes corporações são elas que dominam o mundo e se eu fosse norte-americano e eu nunca digo americano porque americano é o habitante do Alaska até a Patagônia se eu fosse norte-americano e tivesse filhos convocados para a guerra do Iraque diria a eles que desertassem pois como pai não admitiria em hipótese alguma que meus filhos fossem se fazer massacrar para defender não a pátria mas os interesses das grandes corporações logo bombas nas grandes corporações é obrigação de todo cidadão honesto sabotá-las a puta que pariu tomar no cu bando de ladrões institucionalizados como por exemplo a sordidez das indústrias farmacêuticas que entre outras falcatruas homicidas tentam sabotar os genéricos bombas nelas vão queimar a rosca com a verga multinacional a globalização é uma máfia que tem de ser combatida e quanto mais ignorante é o povo mais deglute passivamente a lazarenta da globalização mas chega de falar dessa ignomínia de globalização sabe de uma coisa p fiquei muito triste com a morte do rapaz brasileiro em Londres o Jean Charles de Menezes executado pela polícia britânica um pobre inocente não adianta até na Europa a polícia é fascista e por falar da Europa o IRA vai depor as armas certo mas o Ulster tem de voltar a ser irlandês os filhos da puta dos ingleses invadiram a Irlanda e massacraram o povo irlandês e agora têm que dar o fora colonialistas filhos da puta viva o Ulster Irlandês e os bascos então são dez mil anos de resistência ou mais portanto é justo que eles se tornem independentes as 3 províncias da França e as 4 da Espanha ninguém conseguiu submetê-los nem os celtas nem os iberos nem os romanos nem os visigodos nem os árabes nem os castelhanos não é de admirar p e quer algo mais admirável mais elevado do que o fato de esse povo nunca ter tido rei nem chefe religioso p só que quando aparecia o inimigo era pura união e ninguém os vencia eles tinham uma religião natural como a dos nossos índios Gora Euskadi Askatuta e os curdos então 25 milhões divididos entre Iraque Irã Turquia e Síria e o Ocidente nunca fez porra nenhuma para ajudar esse povo a obter a independência viva a Nação Curda Livre e viva a Nação Palestina e viva as Malvinas Argentinas a época do colonialismo acabou e agora vou parar de falar de política as crianças deveriam ter aulas de política e ética desde o primeiro grau mas é claro que isso não interessa aos picaretas sem escrúpulos aos escroques  do bordel instituído que detêm o poder e tudo isso é democracia mas que merda de democracia  isso é demoniocracia para que serve a democracia p para incentivar a corrupção e o tráfico de drogas e a máfia e o desemprego e os assaltos e a desintegração moral e a violência p como aconteceu na Rússia e nos países do Leste Europeu ou nas antigas repúblicas socialistas soviéticas onde tudo virou corrupção merda putaria fraude p e para quê p qual é a vantagem que o povo leva p nenhuma o povo não leva absolutamente nenhuma vantagem o povo tem que pagar a saúde tem que pagar a educação o estado não protege o cidadão aliás não existe mais estado apenas corporações que regem os países  como acontece em Usabrás  não existem mais nações soberanas  pois é não é à toa que na Rússia sentem falta do filho da puta do Stalin bombas no capitalismo selvagem o capitalismo é desumano e imoral e precisa ser destruído basta mudemos de assunto esta minha carta está se estendendo demais até parece as Cartas Persas de Montesquieu por sinal Escritor nada mais agradável do que o gênero epistolar que permite abordar tudo e dá plena liberdade de narrativa vamos falar agora de algo mais ameno sexo por exemplo tem metido muito Escritor p a julgar pelos teus livros você gosta mesmo de meter né p mas de gostar a praticar a distância é grande e com o passar dos anos a coisa fica mais difícil mas eu não esquento não em casa encerrei as atividades pois não dava mais e aí minha mulher arrumou uma amante disse uma amante não um amante e eu não me importo pois eu saio e quando a caça anda fraca pois como não sou mais jovem nem bonito só sobra biscate apelo para o sábio alívio individual e dou um trato caprichado à carência do coitado do meu zimpório em outras palavras bato cada bronha sofisticada na frente do computador que você nem imagina que delícia de punheta madura eu prolongo bastante vou bem devagar sem creme nem saliva mas é na lentidão que está o segredo é isso aí alisando lentamente sem apertar apenas com toques leves até a glande ficar lubrificada olhando a telinha e tocando olhando e tocando enfim finíssimas punhetas zen de macho maduro e você Escritor anda com xana fixa ou apenas bursas ocasionais ou avulsas p ou toca o cinco-contra-um na frente do computador quando a caixa-d´água anda transbordando p para um bicho do mato como você a prática da solitária é mais adequada além de mais segura e mais econômica é foda foda sem amor né p principalmente quando a gente não é mais garoto quando jovem o negócio era meter em tudo quanto era buraco ou seja o que se costuma chamar de a idade da lagartixa quando qualquer buraco serve é é foda companheiro a gente sente tesão por franguinhas mas galinha velha tem de ser muito cativante para mexer com a libido por isso santa Afrodite como você diz que me perdoe mas eu não preciso mais dela já que é na base da ordenha da cauda ou dos cinco nazistas contra um judeu espero com esta metáfora não estar ofendendo nem a uns nem a outros sabe de uma coisa Escritor p eu tenho muita simpatia pela cultura judaica mas não tolero de jeito nenhum o fascismo de Israel em relação aos palestinos que não são culpados pelo Holocausto mas chega estou falando demais ou escrevendo demais e acho que é pura perda de tempo pois é Escritor tempo o famigerado capitalismo consegui foder até com o tempo até como o tempo ele acabou eu abomino essa execrável sociedade de bosta da velocidade essa porra  amaldiçoada de corre corre corre que está atrasado atrasado para quê p para morrer antes p rebanho de imbecis alienados deficientes mentais que comem com pressa vamos almoçar fast food porque só tenho 15 minutos trepam com pressa vamos dar uma metidinha de 15 minutos no motel pois não disponho de mais tempo dormem com pressa trabalham com pressa vivem com pressa com o celular o celular pendurado nos colhões ou enfiado na buceta eu hein eu não atendo nem o telefone fixo claro diga-se de passagem não atendo nem fodendo quando estou fodendo comendo ou dormindo e se for urgente que liguem outra vez tá louco comer dormir e foder é sagrado como você diz e eu concordo cambada de moderninhos frouxos e pavorosamente reaças tomar no cu com tanta  pressa de merda logo logo vão inventar pílulas para substituir os alimentos para não perder tempo comendo pílulas para não precisar dormir mais do que um par de horas por dia para não perder tempo dormindo pílulas para eliminar o tesão para não perder tempo fornicando gostou do termo fornicar p é para os fariseus que se espantam com palavrões enfim que bela civilização que lixo decomposto e por falar em lixo e em reaças ou seja de lixo reacionário os nossos torturadores continuam à solta pois é a Argentina o Chile e o Uruguai caçaram ou estão caçando e puniram ou estão punindo os torturadores das respectivas ditaduras militares mas aqui em Usabrás não aqui nós somos conciliadores nojentamente vilmente conciliadores e benevolentes e os nossos respeitáveis torturadores continuam à solta como cidadãos acima de qualquer suspeita ah Escritor que vergonha que falta de dignidade de amor pelo Brasil que falta de honradez de hombridade e de justiça que desastre esse tudo-acaba-em-pizza nesta terra onde tudo é mole menos a miséria onde tudo é morno e a Bíblia diz que deus vomita os mornos portanto deus não é mais brasileiro neste país onde reina a impunidade neste país moralmente falido mas que foda de país é este onde ninguém é preso p é isso aí o império ou o paraíso da impunidade e você sabe Escritor o verdadeiro amor requer rigor com a frouxidão não se constrói nada precisaríamos de uma injeção de sangue nipônico para reerguer o sentido de honra e dignidade por exemplo o crime ecológico deveria ser castigado com a pena de morte e olha que eu sou contra a pena de morte ou seja ser considerado o pior crime contra a humanidade especulou com o meio ambiente e feriu o meio ambiente morreu no patíbulo e pronto assim esses filhos da puta que cometem crimes ecológicos iam acabar aprendendo que a vida no Planeta é sagrada quanto a falcatruas fraudes maracutaias enfim ladroeira em grande escala essas coisas têm que terminar senão com as mãos cortadas como fazem os fundamentalistas islâmicos o que me parece  antiestético pelo menos com todos as bens confiscados incluindo os dos parentes próximos tais como esposo esposa filhos  pais e irmãos uma pena mínima de 10 anos de prisão mas 10 anos mesmo nada de redução por boa conduta e cassação de todos os direitos civis durante 20 anos devendo o culpado ser portador de uma carteira de identidade provisória que o identifique como ladrão do povo carteira que ele seria obrigado a usar durante um mínimo de 20 anos e veja bem que eu estou sendo mais tolerante que na China onde essa corja é simplesmente fuzilada que pouca vergonha será que ninguém ama o Brasil p e não quero falar Usabrás eu não sou traidor não sou cidadão dessa porra de merda de Usabrás essa horda de filhos da puta que mudaram o nome do nosso País e que como putas rampeiras comendo as fezes dos clientes o venderam ao FMI não têm amor pelo Brasil aliás o FMI é imoral portanto merece todo tipo de calote como fez a Argentina pois é o FMI e as elites destruíram a nação vizinha nunca jamais em sua história a Argentina ficou tão miserável só que o povo argentino tem colhões e não deixa a coisa de graça pois é  dizem que ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão porra será que ninguém ama o Brasil ou é só amor de mercenário p economia de mercado é a puta que o pariu vão tomar no ziporó  sem vaselina antes que me esqueça tá  louco isso que nem a pouca vergonha a usurpação o espírito pré-1789 o descaro dos cartórios que cobram um absurdo para nascer para trepar oficialmente e para morrer e ainda por cima ostentam o ultraje de serem hereditários mas que puta putaria putandade  institucionalizada porra caralho cartório é para estar na mão do Estado e não cobrar nada e as filas do INSS que dão a volta ao quarteirão que indecência que sem-vergonhice que time de reaças que rege este nosso País mas que povo avançado que nós temos e que leis progressistas que nós temos também com a ignorância que reina neste país cujo povo não sabe reivindicar nada o que se pode esperar p veja por exemplo a educação a avacalhação a esculhambação do ensino que falta de honestidade de honra de dignidade formar um país de ignorantes qualquer um abre uma faculdade de bosta como qualquer um abre uma igreja pentecostal de bosta não suporto a histeria coletiva desses cultos pentecostais esses lugares parecem galinheiro onde entrou uma raposa aliás é um galinheiro onde entrou um filho da puta de raposa para roubar o pobre povo carente isso é coisa de satanás pedir dinheiro aos pobres para construir sua própria fortuna de marajá Cristo não fazia isso Cristo era despojamento e generosidade estou falando religião é putaria típica do capitalismo chega voltemos ao ensino pois é rapaz o estudante agora não pode repetir mas que demagogia que hipocrisia é só para fazer bonito perante o IDH mas que idéia perniciosa que idéia de débil mental de asno caduco ou de filho da puta em potencial é a quintessência da cretinice da imbecilidade do absurdo um disparate será que não há ninguém sério neste país de demagogos reacionários aproveitadores oportunistas arrivistas imediatistas  salafrários o paternalismo como o nepotismo é o câncer da Nação não Escritor certamente não é por aí que se alivia a consciência social que se corrige a exclusão e se constrói um país sério justo digno decente viável não é por aí que se resolve a injustiça social que se elimina uma das maiores desigualdades sociais do mundo e esses brilhantes idealizadores do admirável novo ensino que vão degustar excrementos de cabra com azeite limão e sal tomar no ziporó cambada de insetos predadores gostar de futebol carnaval bunda de mulher cerveja  praia e sol não é amar o Brasil será que ninguém ama este país p aliás é uma pena que esses torcedores fanáticos não desviem a testosterona para as reivindicações sociais e políticas em vez de matar por causa de futebol mas a mídia conivente com o sistema incentiva essa alienação pois é pão quando há e circo sim o Brasil se tornou um país profundamente cruel sob o ponto de vista social a descriminação social é atroz é obscena é indecente é sórdida é pornográfica mas que sistema repugnante asqueroso nojento desprezível que nos temos que sistema desumano e imoral que entre outras coisas nos submete constantemente à tirania extenuante da competição que esperar deste Usabrás e por extensão desta merda de mundo globalizador de miséria e injustiça p só a rebeldia e a revolta são dignas você já disse isso em outras palavras não disse p estou te enchendo o saco Escritor desculpe mas preciso desabafar com alguém que entenda o que estou falando e que não me veja apenas como um madurão porra-louca nostálgico soixante-huitard anarquista démodé sabe Escritor você foi segundo os outros muito radical nos seus 7 pecados capitais do Escritor e nos seus 10 mandamentos do Escritor mas eu pessoalmente acho você um tanto moderado ponderado equilibrado você deveria ir aos extremos como você prega embora tua decisão de abandonar tudo à Gauguin seja realmente admirável bem eu sou suspeito não gosto mesmo de gente indecisa de gente que fica em cima do muro e por falar de escritores que bostinha aqueles escritores que se dizem apolíticos e acabam fazendo política pois os cretinos ou filhos da puta fazem o jogo do poder estabelecido bananas explosivas no cu deles seus babacas e por falar em escritor não vou te perguntar o que você anda escrevendo porque de acordo com tua última entrevista você alegou que ia parar de escrever será mesmo p  você disse em outras palavras na entrevista que andava mais seco do que porra amanhecida no lençol será que você consegue mesmo parar de escrever p aliás endosso teu comentário a literatura é sempre uma atividade paralela mas nunca a principal deveria ter seguido teu exemplo e me dedicado unicamente à literatura mesmo que eventualmente tivesse lecionado literatura porque literatura não é coisinha de frouxo não literatura é o pensamento humano e os escritores salvo raras exceções não amam a literatura como deveriam amá-la portanto como é que você vai conseguir parar de escrever e viver sem escrever  p o que você anda lendo ou relendo p estamos na idade em que se relê mais do que se lê pois ultimamente a imaginação dos escritores anda falha ou melhor dito indigentemente curta só sabem especular estilisticamente ou então escrever baboseiras mais bregas do que coluna social que coisa ridícula jacu a coluna social ou picaretagens pseudomísticas ou livros de auto-ajuda placebóticos que cocôs  esmaltados que estão publicando por aí né p eu ando relendo o que você anda relendo claro do jeito que eu te admiro só posso admirar aqueles que você admira ou seja Khayyam Nietzsche Rimbaud Stendhal Tchekhov que tem muito em comum com Machado de Assis gozado embora eu veja até certo ponto estes grandes autores em tua obra sabe de uma coisa p descontando o erotismo peculiar dos teus trabalhos eu sinto que teus romances estão mais para Hermann  Hesse e mesmo para o romantismo exacerbado e tardio de Stefan Zweig do que para qualquer outra coisa posso estar enganado mesmo porque não sou crítico literário mas no fundo você é um romântico no sentido stendhaliano mas voltando à leitura além dos caralhos de ouro das letras acima mencionados estou relendo Gide sim Gide que não era fresco e pedante como Oscar Wilde e que não falava as babaquices do alienado do Borges em Gide a liberdade como experiência absoluta é ir aos extremos até o ato gratuito que em si é uma libertação você não acha p também estou revendo Pessoa e sabe o que mais gosto em Pessoa p é o lúdico o que seria da literatura se ela não fosse lúdica p sei que você prefere a força desgarrada de Sá-Carneiro mas você não percebeu que o ludismo de Pessoa atinge as raias do metafísico p e também voltei a Joyce sim talvez Joyce esteja para a literatura como Picasso está para as artes plásticas Ulisses é um impacto mas também o melhor livro chato do mundo se tivesse sido reduzido em 50% seria talvez uma obra-prima e o valor estritamente literário de certos trechos é questionável além de ser de gosto discutível sim o melhor livro desagradável que já li instigante mas infinitamente menos que Kafka pois Kafka chega ao metafísico pelo horror discreto mas se a estética de Ulisses não me emociona e deixemos claro que uma ruptura não implica necessariamente genialidade não posso evitar de me perguntar se Ulisses-Bloom-Joyce é uma fraude uma farsa uma mistificação um engodo um desafio ou uma irreverência ou tudo isso ao mesmo tempo o que leva sem dúvida ao lúdico e acho que aí reside a importância do lúdico portanto volto a perguntar o que seria da literatura sem o fino prazer do lúdico p e deixe-me te dizer uma coisa Escritor a metalinguagem tão utilizada em tua obra em livros como Boa Viagem Sheherazade  ou Litterata ou As Loucas Gaivotas Morrem na Fronteira é uma maneira de abordar o lúdico mas para encerrar o assunto Ulisses-Joyce eu prefiro a cólica infernal de Kafka o maior visionário do século 20 ou a divina decadência entre aspas de Proust claro apenas para citar os chamados três ícones da literatura universal do século 20 o que não deixa de ser uma convenção prosseguindo com as Letras você disse textualmente numa entrevista volto a Descartes não só porque a disciplina dá segurança e eu  preciso domar meus abismos mas porque a estética se ressente quando fica muito tempo longe da claridade cartesiana ponto final cara o que você quis dizer com isso p você não está se contradizendo p ou foi uma gozação p ou uma provocação p eu não te entendo enfim coisa de escritor como diria a tua querida Anastacia Lazarovna e por falar na tua fiel personagem você é um filho da puta muito sacana mas no bom sentido um filho da puta querido você é pior do que Fellini para inventar você enganou todo mundo fazendo teus leitores pensarem que Anastacia Lazarovna era uma personagem fictícia quando na realidade é uma personagem real magicamente maquiada pela ficção e você fez a mesma coisa com teu personagem Pierre-Auguste Lanord e quando um amigo teu perguntou quem era esse tal de Lanord você respondeu que era um amigo fictício e  teu amigo acreditou mas que filho da mãe que você é outra coisa eu sei que você provocou a doença e ficou de fato doente para tirar licença médica de duas semanas e poder redigir teu primeiro romance Azeviche ou Nossa Senhora do Sagrado Sexo e deste detalhe você nunca falou à imprensa mas eu sei cara eu sei muito mais do que você pensa sobre você como sei por exemplo que você destruiu teus 5 primeiros livros depois de publicados e quando algum jornalista indaga quanto livros você já escreveu você omite sempre esses 5 por que você os destruiu p não gostava deles p como também sei que se você não tivesse se divorciado de tua única mulher oficial você não teria produzido o que produziu nesses anos e você não teria tido coragem de romper com o sistema e abandonar tudo à Gauguin logo é algo que temos que agradecer a ela  aliás falando de tua ex é verdade como você escreveu num dos teus contos que uma noite que ela não quis dar para você você ficou puto bateu uma punheta e esporrou num pires e deixou a porra no criado-mudo dela p e de manhã quando ela acordou e perguntou o que é isso você respondeu isso aí é o que você recusou ontem à noite é verdade p se for você é não é fácil é Escritor deve ser foda viver com você não acha p você deveria ter se convertido ao islamismo como você uma vez pensou e ter se casado com duas ou três mulheres para estar sempre servido na cama sem ter que enfrentar aquela preguiça de sair à caça de bursa quando a coisa anda escassa em casa tenho a impressão que você prefere sexo a mulher ou seja o sexo em si é mais importante que a mulher estou enganado p você é um  filho da mãe Escritor mas voltemos a tua separação pois é meu caro Escritor a angústia do amor quebrado o desespero do amor encerrado a dor do amor rompido fazem milagres sim o amor às avessas também produz seus frutos todo o amor que você sentia por ela explodiu em literatura sim a energia do desespero produz excelentes frutos nas artes exatamente como quando floresce o amor como quando você viveu outro amor de te estremecer com a que te inspirou Litterata em suma no fundo o amor com ou sem move o mundo tanto quanto o poder você não acha Escritor p sim eu sei muito sobre você mais do que você imagina só não sei de uma coisa o que aconteceu com você em Cabul p por que você nunca falou nem fala do que aconteceu durante  tua viagem ao Afeganistão p se houve uma revelação como você sugeriu por que você nunca fala dela como fala de outros acontecimentos da tua vida p diga-me Escritor o que foi buscar no Afeganistão p e sei de outras coisas tuas sei até que você é um glutão e conheço até teus gostos gastronômicos que vão de peixe cru  bacalhau ovas de peixe sushi pato queijos e pizza até cogumelos alcachofras e espinafre passando por amêndoas  tâmaras caquis e lichias  e chá verde sim há décadas eu diria que te observo de longe a ponto de você de certo modo fazer parte de minha vida tenho uma fixação por você mas não se assuste não não sou psicopata não pretendo te raptar nem menos ainda te assassinar não Escritor quero você vivo vivinho e produzindo é uma pena que você tenha deixado de escrever será p aliás um dos motivos do meu pedido é o fato de você ter deixado de escrever mas saiba que tenho além de admiração e  respeito uma grande afeição por você sabe de uma coisa Escritor p às vezes faço como você invoco autores que amo escritores que já se foram alguns há séculos invoco esses seres queridos e peço-lhes que fiquem comigo um pouco que me amem pelo menos um pouco como eu os amo mesmo que eu não seja propriamente um escritor e aí entro num vasto mundo invisível meta-real  e metavirtual um mundo esplêndido onde tudo são cumes ápices picos como você gosta onde nada é cotidiano ah Escritor como gostaria de acreditar em metempsicose como Pessoa e Nerval  acreditavam ou brincavam de acreditar e assim acreditando poderia pedir a todos esses escritores idos que me dessem um sinal de suas presenças para assim aliviar a solidão da madrugada insone pois todos nós somos sós desde o nascer até o morrer principalmente artistas e escritores essa raça à parte com a dor com o estigma do deslocamento  sim esse anexo da humanidade pois sabe  Escritor eu também de certo modo sou um escritor um pobre escritor que não escreve ou um pintor que tem visões deslumbrantes e nunca as põe na tela sim amigo Escritor eu sinto por você o que você sente por todos esses grandes escritores que você admira visceralmente só que eu sou meu deus que tristeza eu sou um escritor fracassado e só admito o grande e não me conformo com metades do ponto de vista burguês tenho uma profissão que nada tem a ver com a literatura mas que me permite uma vida tranqüila mas no fundo sinto uma grande frustração ah meu caro Escritor como me sinto triste neste momento triste e só horrivelmente só apesar de minhas mulheres de meus filhos de meus amigos sou solidão vá lá saber por quê sei lá o motivo passou a fúria a raiva a revolta sentimentos potentes que afastam a solidão e como você sinto vontade de dizer ame-me leitor é madrugada e para não dizer que não falei de música sabe o que estou ouvindo p músicas que você já mencionou em teus livros músicas muito nostálgicas músicas de cinema do grande Morricone  tais como Metello A Missão Frantic The life and time of David Llyod George e claro Cinema Paradiso  e para não dizer que não falei de flores como o grande o maior cantor da MPB Geraldo Vandré para não dizer que não falei de flores gosto como você Escritor de papoulas e de cravos e de lírios e de lilases e de papoulas outra vez como as da tua infância As Papoulas de Constantinopla caralho como você  fala da tua infância e de Tânger e de teus pais é uma obsessão né p posso imaginar que tudo isso doeu muito e que ainda dói o exílio a pobreza o isolamento por sinal fui ver um filme lindo que me lembrou você Exílios de Tony Gatlif imagino que se você assistiu deve ter chorado no escurinho do cinema gosto desse Gatlif que me lembra o adorado Kusturica falei de trilhas sonoras de filmes e me veio à memória uma fita que vi quando jovem Zabrinsky Point do grande Antonioni filme que você cita em um dos teus livros Zabrinsky Point tem o melhor final de filme de toda a história do cinema você não acha p a explosão no fim com todos aqueles objetos de consumo voando pelos ares é simplesmente genial fantástica premonitória  um verdadeiro orgasmo quando assisti pela primeira vez bati uma punheta com champanhe em homenagem à fita Antonioni é um dos maiores cineastas de toda a história do cinema aliás os italianos foram grandes na sétima arte além de Visconti talvez o maior diretor de toda a história do cinema universal temos Fellini e o já citado Antonioni além de outros grandes como Zurlini Pasolini Pontecorvo cuja Queimada é o melhor filme político de todos os tempos Montaldo Scola e Rossellini a quem você faz restrições você declarou numa entrevista que Angelopoulos e dizer que os babacas os cretinos os bitolados os pedantes dos críticos dos Cahiers du Cinéma não gostam dele sim você disse que   Theodhoros Angelopoulos  e Manoel de Oliveira são atualmente os maiores humanistas do cinema concordo sei que você tem uma fixação por Angelopoulos que você considera o maior cineasta em atividade no mundo ao lado de Lars von Trier que fez de Dogville o mais estupefaciente tratado sobre ética e política do cinema moderno e o maior libelo do cinema contra os EUA essa nação imperialista de saqueadores que provoca guerras periodicamente para sustentar sua  indústria bélica basta olhar a história para perceber que sempre foi assim portanto não é de estranhar que haja norte-americanos reaças crápulas e filhos da puta por trás dos ataques do 11/9 aliás está na cara aliás falando de política mais uma vez hoje 26/8/05 li no jornal que de acordo com a ONU a defasagem de renda do Brasil perdão Usabrás é a maior do Planeta que cambada de celerados que nós temos no poder e claro quando digo no poder não me refiro exatamente ao governo mas aos grupos que governam o governo mas que reaças filhos da puta são esses mesmos retrógradas celerados lazarentos que justificam a globalização que a cada dia faz aumentar a população faminta do Planeta que eram contra a abolição da escravatura alegando que a libertação dos escravos quebraria a economia do País facínoras medievais filhos da puta vão tomar no olho cego a seco lambedores do ziporó fundamentalista do Bush bombas neles aliás você sabe por que Clinton era infinitamente melhor presidente do que Bush p não sabe p então vou te dizer porque Clinton trepava e era sexualmente bem resolvido enquanto o cretino do Bush está sexualmente travado daí o seu belicismo gostou p sim bombas e destruição pois nada justifica a fome de um ser humano caralho de merda chega chega Escritor não vou falar mais de política porque eu me inflamo voltemos a falar de cinema ah que encanto o cinema que coisa feérica mas certamente não aqueles filmecos com linguagem de videoclipe que parece coisa de débil mental que nem coordenação motora tem isso mesmo determinados críticos ficam em transe suburbano com esse lixo visual como as Matrix da vida onde encontram até ilações profundas caralho à vinagrete quanta imbecilidade assolando o mundo e o que você me diz de um cinema chamado Bombril p é o fim da picada caralho que coisa chula nunca vi coisinha igual essa história cafetinesca de associar nomes comerciais à Arte  mas vou ficar outra vez nervoso com a miséria intelectual e cultural não não então vamos falar sobre as belas do celulóide para me acalmar ah quando eu era garotão tinha meu panteão de deusas Antonella Lualdi Pascale Petit Marie Laforêt  a garota dos olhos de ouro Claudia Cardinale o supra sumo da beleza Brigitte Bardot o melhor beiço do mundo pena que ela tenha virado reaça desprezível Monica Vitti de tédio e tesão Anouk Aimée de mistério e feminilidade  e Silvana Mangano de classe e elegância as três de babar e a Rosana Podestà então p um estrondo com uma boca de fazer qualquer falo sonhar com os êxtases estelares de um auparishtaka ah santa bucetice aguda nossa senhora do sagrado tesão havia também a fascinante a inesquecível Delphine Seyrig de O Ano Passado em Marienbad a fina e enigmática Françoise Fabian  sem contar a inglesa Claire Bloom e as maravilhosas Romy Schneider e Annie Girardot eu preferia as francesas e as italianas mas havia algumas anglo-saxônicas de deixar molhado Gene Tierney Ava Gardner Jean Simmons Jean Seberg e Jean Shrimpton que não vingou eram estonteantes e no Brasil a mais fascinante maravilhosa de todas as atrizes do nosso cinema Dina Sfat  mais tarde apareceram Isabelle Adjani Emmanuelle Béart  Sophie Marceau e doçuras como Juliette Binoche ou Irène Jacob e mais recentemente Monica Bellucci e Pilar de Ayala um convite à ternura desvairada da língua ah Escritor quanta coisa gloriosa mágica neste fodido mundo que a gente não pode comer apenas punhetar melancolicamente e por falar em punheta quero dizer punheta panfletária admiro Michael Moore mais pelo que ele faz do que pelo que ele filma exatamente como admiro Kerouac ou Buskowski mais pelo que eles representam do que pela sua literatura propriamente dita talvez eu goste como você meu caro Escritor da virulência da transgressão em estilo impecável ou clássico eu amo por exemplo o extraordinário Kim Ki-duk do excepcional Primavera Verão Outono Inverno e Primavera pelo caralho embalsamado do Tutankamon essa estética me fez chorar de emoção e vibrei com o excelente Edukators de Hans Weingartner e Um filme Falado de Manoel de Oliveira é o requinte da mais pura emoção e adorei As Invasões Bárbaras de Denys Arcand porra eu me identifiquei totalmente com o protagonista aquele hedonismo aquele leve cinismo e aquela amargura da despedida e por falar em despedida vou encerrar esta carta maluca que faz quase 2 meses que comecei e que não consigo terminar e me despedir não sei até quando Escritor não sei até quando talvez você nunca mais ouça falar de mim e claro você nunca me conhecerá pessoalmente por que haveria de me conhecer p você disse numa de tuas máximas que o fácil é vulgar portanto assim sem me conhecer você não me esquecerá e quem sabe me ame um pouco como eu te amo sabe Escritor eu te conheço pessoalmente eu te vi em duas ocasiões uma num restaurante e outra numa festa e nas duas ocasiões pude te observar à vontade o anonimato é uma delícia vemos e não somos vistos o que você acha p mas sabe de uma coisa no restaurante eu poderia ter te abordado ou na festa onde alguém poderia ter nos apresentado mas eu não tive coragem de conversar contigo talvez para preservar o mito que criei sim o mito que criei talvez para compensar a fraude que é minha vida e ouço Zizi Possi cantando Melodia Sentimental de Villa-Lobos e Dora Vasconcellos talvez para compensar a fraude que é minha vida e penso mais uma vez em você para compensar a solidão da fraude de uma vida mesmo que a diferença a diferença que tanto admiro em tudo e em todos seja bela intensamente bela mesmo levando em conta que uma obra confessional  não implica uma obra auto-biográfica

Seu fiel e profundo admirador

Carta terminada em 11 de setembro de 2005

 

Do livro “Matriochka”, 2006, de Roldan-Roldan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: