O Sublime Absurdo

setembro 9, 2018

O Sublime Absurdo

 

        Costuma-se dizer, não sem certa lógica, que o ser humano precisa de uma força superior, ou seja, divina, para dar um sentido ao absurdo da existência. E aí entra a religião com sua repressão, castração intelectual, superstições e sede desmesurada de poder – no caso das instituições religiosas – e promessas mirabolantes de uma vida melhor após a morte.

Mas deixemos a religião sob o ponto de vista das instituições. Atenhamo-nos a Deus – que nada tem a ver com a religião. Perante a dúvida sobre Deus (o que é Deus, o Inominável?), não podemos deixar de constatar que a verdadeira elevação espiritual, ética e moral é laica. Ou seja, quanto menos apoiada em Deus, mais elevada, mesmo porque essa elevação não espera nenhum benefício de Deus. Em outras palavras, elevar-se sem as muletas de Deus, eis a grandeza espiritual. Mas e o absurdo? Bem, o absurdo pode ser sublime quando partimos da premissa de que a vida em si é um milagre e que não é necessário dar um sentido à existência a não ser o próprio milagre de ser. Nem mais nem menos. Para que mistificar? Em suma, qual é o valor do respeito ao Bem se só agimos movidos pelo temor de Deus, e não de livre e espontânea vontade, partindo de princípios éticos e morais? Qual é o mérito? Sim, são os princípios – tão raquíticos, tão atrofiados hoje em dia, tão subordinados a interesses materiais – a base sólida da meta de tornar-se superior como ser humano. Enfim, parafraseando Sartre que disse que o existencialismo é um humanismo, poderíamos afirmar que o sublime absurdo também é um humanismo.

Para finalizar, o que talvez pareça subjetivo e paradoxal, pode-se acrescentar que as oscilações entre Espinoza e o Homem Superior de Nietzsche (que nos enriquecem com dúvidas – dúvida, sinal de inteligência) são certamente menos contraditórias do que a espantosa defesa da pena de morte de terminados cristãos.

Em tempo: relacionado com o acima exposto, uma pitada de nada-querer não mata ninguém e torna a alma mais leve e a paz interior mais próxima.

07-09-2018

 

2 Respostas to “O Sublime Absurdo”


  1. Texto bonito e interessante. Temos muito que refletir a respeito.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: