Prece do Libertário

janeiro 7, 2019

Prece do Libertário

Deus,

Liberte-me da massificação da mentira, da negação do fato, da ignorância da maioria manipulada pelo poder, do próprio poder estabelecido.

Liberte-me da normalidade sufocante, massacrante, que demoniza a suposta anormalidade.

Liberte-me da submissão ao radicalismo totalitário, seja religioso ou ideológico, que restringe meu pensamento e o cerceia.

Liberte-me do modelo padrão que elimina a possibilidade de escolha de um modelo diferente.

Liberte-me da afirmação da tua existência, pois é na dúvida que me elevo a alturas sem limites.

Liberte-me do que não muda, do que não evolui, pois a estagnação de ideias e sistemas leva à degradação e à morte.

Liberte-me da aberração das superstições religiosas que ofendem a inteligência, a lógica e a Razão.

Liberte-me da obediência para que possa me manter íntegro perante a minha consciência.

Liberte-me das amarras que prendem a rebeldia que sustenta a minha dignidade.

Liberte-me de minha omissão e faça meu grito de revolta me tornar superior.

Liberte-me da violência de não ser eu mesmo, de não me respeitar.

Liberte-me de subordinar a Liberdade a interesses mesquinhos.

E liberte-me da arrogância de acreditar, para poder crer.

16-10-2018

 

 

 

 

4 Respostas to “Prece do Libertário”


  1. Parabéns, Roldan-Roldan. Texto belíssimo, crítico e reflexivo.

  2. Robert de la B. Says:

    Deus que zela por esse Basco que amo, guiai-me

    Guiai-me pela dor tortuosa que ainda sinto
    De não exercer a potência que tenho, nessas formas em que não me enquadro
    De entristecer ao ponto de não conversar com gentes que amo

    Guiai-me através do mal-estar de ver a estupidez e a mesquinharia tomarem conta das gentes do país em que vivo
    através das necessidades que me fazem sentir e que não são minhas
    através da raiva que sinto dos desmandos do poder que oprime, violenta e entristece
    através das drogas tomadas pra diminuir a dor e o ódio
    pra normalizar o que deveria ser estranho
    pra afugentar o que deveria ser enfrentado
    pra resfriar o que deveria ferver e queimar

    Zelai pelo Basco, zelai pelos inconformados, por mim, pelos aniquilados, zelai por nossa sobrevivência, zelai pela raiva que pode nos mover e dar sentido

    Agradeço por não ser feito somente desta merda e desta dor, por ter mais em mim do que apenas medo, complacência e orgulho

    Assim seja.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: